Só Templates

Créditos



Layout by



sábado, 1 de novembro de 2008



NINGUÉM MORRE

Não reclames da Terra
Os seres que partiram ...
Olha a planta que volta
Na semente a morrer.
Chora,
De vez que o pranto
Purifica a visão.
No entanto,
Continua agindo para o bem.
Lágrima sem revolta
É orvalho da esperança.
A morte é a própria vida
Numa nova edição.

Espírito: Emmanuel
Psicografia: Chico Xavier
Livro: "Caravana do Amor"

Nenhum comentário: